Do Zero ao Topo

Tudo nos negócios, nada na Bolsa: como Flavio Augusto faz a gestão de seu dinheiro

A trajetória completa do fundador da Wise Up é tema do 44º episódio do podcast Do Zero ao Topo

SÃO PAULO – Assim como o momento atual, a crise que atingiu o mercado financeiro em 2008 pegou o empresário Flavio Augusto de surpresa. Na época, o empreendedor havia acumulado cerca de R$ 15 milhões em patrimônio com sua escola de inglês, a Wise Up, e viu 80% desse valor, R$ 12 milhões, sumir da noite para o dia.

“Eu estava com uma posição alavancada cinco vezes a termo na Bolsa, então foi uma catástrofe. Mas isso me ensinou muitas coisas interessantes”, contou Flavio Augusto no podcast Do Zero ao Topo. A trajetória completa do empreendedor é tema do 44º episódio do podcast.

PUBLICIDADE

É possível seguir e escutar o programa pela ApplePodcastsSpotifyDeezerSpreakerGoogle PodcastCastbox e demais agregadores.

Após o baque da crise, o empresário resolveu mudar o destino de seus investimentos. “Eu parei de investir na Bolsa e hoje eu sou investidor dos meus negócios. Nos meus negócios eu tenho todo o risco, tenho as informações necessárias e controlo meu risco”, diz.

Além da Wise Up, que vendeu em 2013 por R$ 960 milhões e recomprou dois anos depois por R$ 398 milhões, Flávio é dono do time de futebol Orlando City.  A aquisição, feita em 2013, lhe custou US$ 120 milhões. Hoje, o clube está avaliado em mais de US$ 600 milhões.

“Fora dos meus negócios eu sou um cara de bonds e renda fixa”, explica. “Não significa que fiquei traumatizado com a Bolsa, mas que equilibro o meu risco investindo nos meus negócio”, completa. Confira toda a trajetória do empreendedor, que nasceu na periferia do Rio de Janeiro, no podcast.

Sobre o Do Zero ao Topo

O podcast Do Zero ao Topo traz, a cada semana, um empresário de destaque no mercado brasileiro para contar a sua história, compartilhando os maiores desafios enfrentados ao longo do caminho e as principais estratégias utilizadas na construção do negócio.

O programa já recebeu nomes como João Apolinário, fundador da Polishop, David Neeleman, fundador da Azul, José Galló, executivo responsável pela ascensão da Renner, Guilherme Benchimol, fundador da XP Investimentos, André Penha, cofundador do QuintoAndar, Sebastião Bonfim, criador da Centauro e Edgard Corona, da rede Smart Fit.