Impactos da pandemia

Toyota diz que produzirá menos veículos que o previsto por escassez de semicondutores

Montadora japonesa diz que considera peças substitutas, quando possível, a fim de se antecipar ao problema atual

Por  Estadão Conteúdo -

A Toyota informou, em comunicado à imprensa nesta terça-feira (18), que sua previsão para produção de veículos no ano fiscal que termina em 31 de março “deve ser menor que a projeção anterior de 9 milhões de unidades”.

O freio na produção, segundo a companhia, é um reflexo direto das dificuldades em conseguir microchips. A empresa foi a que mais vendeu carros nos EUA ao longo do último ano.

A montadora japonesa disse também que o seu plano de produção para fevereiro deve ficar em cerca de 700 mil unidades.

A Toyota afirma que a demanda atual é “muito forte”. “Porém, devido ao impacto da demanda continuada por semicondutores em todos os setores, ajustamos nosso plano de produção em cerca de 150 mil unidades globalmente”, afirmou.

A companhia disse que continuará a avaliar a situação das partes de veículos relacionadas aos semicondutores e que considera o uso de substitutos, quando possível, a fim de se antecipar ao problema atual.

Calcule os custos para ter um carro
Baixe uma planilha gratuita que compara os gastos de um automóvel com outras opções de mobilidade:
Concordo que os dados pessoais fornecidos acima serão utilizados para envio de conteúdo informativo, analítico e publicitário sobre produtos, serviços e assuntos gerais, nos termos da Lei Geral de Proteção de Dados.
check_circle_outline Sua inscrição foi feita com sucesso.
error_outline Erro inesperado, tente novamente em instantes.
Compartilhe