Exclusivo

TIM começa a testar 5G para clientes no Brasil  

Com exclusividade ao InfoMoney, diretor de Sales Consumer revelou novos planos para a atuação do 5G da companhia telefônica

Loja da Tim

SÃO PAULO – A TIM (TIMP3) vai iniciar testes com o 5G para clientes em algumas lojas espalhadas em 9 estados do país. A primeira unidade a receber a novidade será a do Shopping Ibirapuera, em São Paulo.  

“Queremos transformar o ponto de venda em um ponto de experiência levando o 5G para mais perto do cliente. A ideia é que as pessoas possam usar e entender melhor a tecnologia e o que é possível fazer a partir dela. O pioneirismo faz parte da TIM e estamos nos antecipando trazendo a novidade para o público.  A demonstração do 5G vai ao encontro dessa estratégia”, afirmou João Stricker, diretor de Sales Consumer da TIM, com exclusividade para o InfoMoney 

Como vai funcionar? 

As lojas serão equipadas com um aparelho de transmissão de sinal 5G da Ericsson, como uma antena, mas em tamanho reduzido para cobrir a área restrita da loja. É uma rede comercial em fase de testes, instalada após licença específica dada pela Anatel. 

PUBLICIDADE

Os consumidores poderão ter contato com a tecnologia por meio de smartphones da LG e uma tela da Intel com realidade virtual – empresas com as quais a TIM fechou parcerias para esta ação. Além disso, haverá um vídeo institucional explicativo mostrando como a rede 5G funciona, que também estará à disposição dos usuários.  

Qualquer pessoa pode participar e não há custos. A unidade do Shopping Ibirapuera oferece esse ponto de experiência a partir desta sexta-feira (11) e deve durar até dezembro – embora haja a possibilidade de ser estendido. Os estados de Alagas, Pará, Paraná, Rio de Janeiro, Pernambuco, Santa Catarina, Bahia, e Minas Gerais também receberão unidades desse tipo até abril de 2020.  

Stricker explica que esse é mais um passo em relação a implementação da tecnologia, mas ainda não há um prazo definido para comercializar o 5G para o público em geral. “Estamos trabalhando para lançar para o público geral, mas não existe um prazo para acontecer”, afirma o executivo. 

A empresa já conta com polos de infraestrutura 5G no país, sendo um em Santa Catarina, Minas Gerais, em São Paulo e, ainda, um piloto na Paraíba. “Essas redes são restritas para testes e a ideia é desenvolver novas soluções a partir desses polos”.  

Como a estratégia diferencia a TIM no setor  

Stricker acredita que antecipar esse tipo de serviço para o público ter a experiência da tecnologia coloca a TIM um passo à frente das concorrentes do setor de telecom. “No âmbito comercial, transformar o espaço de venda em solução, experiência, foco de inovação é algo a mais do que o mercado está fazendo – ainda mais com o 5G”, diz.  

De fato, o setor tende a se mover nessa direção de redes 5G, embora ainda haja algumas dificuldades de infraestrutura. “Ao oferecer testes primeiro, desenvolver novos produtos o quanto antes, nos destacamos. Por ser uma tecnologia nova, muitas formas de uso ainda não foram explorados e estamos preparados para fazer isso também antes”, afirma.  

PUBLICIDADE

Além disso, outro aspecto importante que a empresa está focando é na evolução do atendimento ao cliente. “Investimos forte na capacitação da força de venda. Uma das prioridades é melhorar o atendimento ao cliente suprir o que o consumidor quer na hora que ele entrou na loja, nem sempre é comprar. Às vezes, quer tirar dúvida, ou qualquer outra questão. Estamos atentos”, diz.  

O setor recebe muitas críticas constantemente, seja por atendimento, alcance de sinal, preços, entre outras questões. Por isso, Stricker acredita que a empresa está dando passos importante ao melhorar seu atendimento, oferecer mais experiência e tecnologia nova antes das concorrentes.  

O diretor de Sales Consumer afirmou que a empresa pretende lançar mais serviços e produtos ainda este ano, embora não tenha dado detalhes do que está por vir. “O mercado exige que a gente esteja constantemente lançando coisas novas, sempre com o foco no cliente”.  

As lojas que receberão esse ponto de experiência 5G também são parte da estratégia da empresa. São modelos novos, com um design mais clean e digital. O executivo explicou que há um plano de expansão desse tipo de loja e reforma de algumas unidades para se adaptarem a esse modelo.  

Reviravolta do negócio 

Antes de se reorganizar, a operadora vinha de anos difíceis, afetada pela redução no número de linhas no mercado como um todo e queda na qualidade dos seus serviços. A Anatel chegou a proibir a companhia de vender novos chips avaliando critérios como número de chamadas completadas; em quantas a linha cai; e a quantidade de reclamações dos consumidores que não são resolvidas. 

A estratégia da companhia para deixar esse passado para trás foi manter os investimentos em infraestrutura, mesmo em meio a um cenário de baixo crescimento econômico e desemprego elevado, e ao mesmo tempo reforçar a oferta de produtos de maior valor agregado. E a demonstração do 5G faz parte disso.  

Como resultado, a TIM hoje é líder na oferta de cobertura 4G e atuação em linhas de negócios como a banda larga em fibra ótica.  A empresa, inclusive, ganhou o prêmio de Melhor Empresa da Bolsa no setor de Telecom no ranking feito pelo InfoMoney em parceria com o Ibmec e a Economatica. 

Invista seu dinheiro para realizar seus maiores sonhos. Abra uma conta na XP – é de graça.