Embate

Tesla reabre fábrica na Califórnia sem autorização e Musk desafia autoridades a prendê-lo

"Estarei na linha de frente com todo mundo. Se alguém for preso, peço que seja apenas eu", escreveu Elon Musk em seu Twitter

SÃO PAULO – Após uma série de disputas entre a Tesla e o condado de Alameda, na Califórnia, após a determinação do fechamento da montadora no fim de março, a situação ganhou novos capítulos nesta semana.

Elon Musk, CEO da Tesla, prometeu no Twitter reabrir a fábrica desafiando uma ordem a ordem regional de paralisação para conter a propagação do novo coronavírus. Em seu Twitter, Musk ainda “desafiou” as autoridades do estado.

“A Tesla está reiniciando a produção hoje contra as regras do condado de Alameda. Estarei na linha de frente com todo mundo. Se alguém for preso, peço que seja apenas eu”, escreveu o CEO em sua rede social.

As autoridades de saúde do condado disseram em comunicado que descobriram que a planta foi reaberta e que notificaram a Tesla de que ela só poderia manter operações mínimas até que um plano de reabertura fosse implementado. Não ficou claro se Tesla sofrerá consequências.

Um porta-voz do xerife do condado de Alameda se recusou a comentar na segunda-feira e nem Tesla nem o Departamento de Polícia de Fremont responderam imediatamente aos pedidos de comentário do MarketWatch.

Em seu comunicado, as autoridades do condado de Alameda disseram que estavam “mais próximas” de um plano acordado e que a Tesla deve apresentar sua proposta ainda nessa semana.

“Estamos ansiosos para revisar o plano de Tesla e chegar a um acordo sobre protocolo e um cronograma para reabrir com segurança”, disseram as autoridades do condado.

Na terça-feira da semana passada (5), o presidente americano Donald Trump tuitou seu apoio a Musk, dizendo que a fábrica de Fremont deveria abrir “AGORA”. Nos últimos dias, Musk intensificou suas críticas à ordem regional.

Elon Musk e a Tesla estão “pressionando bastante o Condado de Alameda” para reabrir a fábrica e “Musk não está apenas falando sobre o assunto, mas caminhando”, disse Dan Ives, analista do Wedbush, em nota na segunda-feira.

PUBLICIDADE

O analista ainda comentou que uma possível mudança de local da fábrica “poderia adicionar riscos ao processo de fabricação e logística”.

Newsletter InfoMoney
Informações, análises e recomendações que valem dinheiro, todos os dias no seu email:
Concordo que os dados pessoais fornecidos acima serão utilizados para envio de conteúdo informativo, analítico e publicitário sobre produtos, serviços e assuntos gerais, nos termos da Lei Geral de Proteção de Dados.
check_circle_outline Sua inscrição foi feita com sucesso.
error_outline Erro inesperado, tente novamente em instantes.