Investimentos

Subsidiária de logística da Vale planeja investir R$ 9 bilhões até 2017

Nos próximos dois anos investimentos chegam a R$ 4 bilhões; Vale procura sócio para investir na controlada

SÃO PAULO – A Valor da Logística Integrada, subsidiária integral da Vale (VALE3, VALE5), possui um plano de investimentos de R$ 9 bilhões em portos e ferrovias no período de 2013 a 2017. A intenção do projeto é construir terminais integradores, com capacidade para receber e escoar produtos como grãos, fertilizantes e aço.

A informação foi publicada pelo Valor Econômico. Questionada pela InfoMoney, a empresa confirma os dados. O grosso dos investimentos será aplicado nos primeiros anos e cairá ao longo do tempo. Em 2013 estão previstos R$ 2,9 bilhões, passando para R$ 2,4 bilhões em 2014, R$ 1,65 bilhão em 2015, R$ 1,2 bilhão em 2016 e R$ 840 milhões em 2017.

Quanto à controladora, apenas no próximo ano a Vale pretende investir US$ 16,3 bilhões, abaixo dos US$ 17,5 bilhões que deve alcançar neste ano. 

Esses terminais que a empresa criada em 2011 pretende construir estarão situados em áreas próximas a cinco corredores logísticos definidos pela Vale (Norte, Nordeste, Sudeste, Minas-Rio e Anápolis-Santos), que estarão ligados a ferrovias e portos.

A Vale, atualmente detentora de 100% do capital social da empresa, ainda planeja vender parte de sua participação, admitindo chegar a um porcentual de até 30%. Com cinco investidores já interessados, no primeiro semestre de 2013 já deve haver uma definição sobre as propostas.