Mais um unicórnio

SoftBank lidera financiamento de startup imobiliária QuintoAndar

O QuintoAndar foi fundado em 2013 com o objetivo de avaliar potenciais inquilinos e atuar como fiador para pessoas com histórico de crédito sólido  

(Bloomberg) — O SoftBank foi o principal investidor em uma rodada de financiamento de US$ 250 milhões conduzida pela plataforma imobiliária QuintoAndar, ampliando ainda mais sua exposição à América Latina.

Outros investidores na quarta rodada de financiamento do QuintoAndar são o Dragoneer Investment, a General Atlantic e a Kaszek Ventures, afirmou o CEO Gabriel Braga em entrevista por telefone.

O QuintoAndar foi fundado em 2013 com o objetivo de avaliar potenciais inquilinos e atuar como fiador para pessoas com histórico de crédito sólido. O processo elimina intermediários e economiza tempo e dinheiro, o que também diminui burocracia e custos.

PUBLICIDADE

A plataforma também atua como administradora da propriedade, garantindo que os proprietários recebam o aluguel em dia e ajudando inquilinos com problemas de manutenção, como torneiras quebradas.

“Vemos que essa trajetória vai continuar por vários anos”, disse Braga. “Desde que começamos, há uma mudança contínua na preferência do consumidor por morar em imóveis de aluguel.”

Com essa abordagem simples, as transações do QuintoAndar cresceram cinco vezes nos últimos 12 meses, mesmo em meio a um mercado imobiliário desaquecido.

A empresa diz que aumentou sua presença para nove áreas metropolitanas em relação a três nos últimos nove meses e agora fecha 4.500 novos contratos por mês. O QuintoAndar também triplicou a equipe, que atualmente possui mais de 1.000 funcionários.

Com a expansão, o QuintoAndar começou a oferecer a corretores imobiliários tradicionais acesso à sua plataforma em troca de uma parte da receita proveniente de contratos de aluguel.

A empresa também considera uma expansão no mercado internacional em 2020 e, embora ainda não tenha decidido o destino, Braga disse que outros países da América Latina poderiam se beneficiar da tecnologia e veriam maior liquidez nos mercados de aluguel.

PUBLICIDADE

O SoftBank, com sede em Tóquio, tem apostado em startups brasileiras de tecnologia nos últimos anos. Em 2017, a empresa investiu US$ 100 milhões no aplicativo de transporte 99.

Atualmente, o Softbank lidera um investimento de US$ 231 milhões na fintech Creditas Soluções Financeiras. Também teria ancorado uma oferta de ações realizada pelo Banco Inter em julho, disseram pessoas com conhecimento da operação na época. 

Invista seu dinheiro para realizar seus maiores sonhos. Abra uma conta na XP – é de graça.