Bovespa

Small cap atribui “mudança de perfil” de gestora para justificar queda de 50% em um dia

Derrocada aconteceu na última segunda-feira e explicação veio após questionamento da BM&FBovespa referente à oscilação atípica do papel

Por  Rodrigo Tolotti

SÃO PAULO – Na última segunda-feira (2), sem muito alarde, as ações da small cap CR2 (CRDE3) desabaram 49,79% na Bovespa, atingindo os R$ 1,19, o que chamou atenção da BM&FBovespa. A administradora da bolsa brasileira pediu explicações para a companhia sobre este desempenho atípico e a resposta veio na noite de terça-feira (3).

De acordo com a empresa, após consultar alguns acionistas, eles tiveram ciência de que uma determinada gestora de recursos, em função de alterações implementadas no perfil de alguns dos fundos de investimento por ela geridos, promoveu a realocação de ações entre os mesmos, o que ocasionou o aumento na quantidade de ações negociadas nos dias 29 de outubro e 9 de novembro.

A CR2 explicou ainda que a participação excedente que esta gestora adquiriu foi disponibilizado para venda no dia 30 de novembro, o que acabou motivando a forte queda dos papéis no início desta semana. Nesta quarta, as ações da companhia registraram ganhos de 7,69%, cotadas a R$ 1,40.

Compartilhe