Resultados

Receita operacional da MPX cresce 219%, mas resultado volta pro negativo

Resultado financeiro líquido, portanto, passou de R$ 139 milhões positivos no ano passado para R$ 18 milhões negativos este ano

SÃO PAULO – A MPX Energia (MPXE3) teve receita operacional líquida de R$ 133,1 milhões no terceiro trimestre de 2012, um crescimento de 219,3% frente ao que havia sido registrado no mesmo período do ano passado. 

Embora isso mostre o início de operações da empresa de energia do megaempresário Eike Batista, os custos operacionais cresceram 249% para R$ 154,5 milhões. O resultado financeiro líquido, portanto, passou de R$ 139 milhões positivos no ano passado para R$ 18 milhões negativos este ano. 

Assim, o resultado líquido do período passou de R$ 37,2 milhões para R$ 86,7. Já o Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) passou de R$ 64,5 milhões negativos para R$ 87,5 milhões negativos – um crescimento de 35,6%. 

As despesas financeiras cairam significativamente, de R$ 379 milhões para R$ 129 milhões – queda de 66%. Isso pode ser explicado tanto pela redução em 86,9% das variações monetárias, que atingiram R$ 7,3 milhões e de 89,6% pelas perdas com derivativos, que ficaram em R$ 28,13 milhões.