RADAR INFOMONEY CPI da Covid enfraquece governo e trava reformas, dizem analistas; programa desta segunda também fala sobre Petrobras e Oi

CPI da Covid enfraquece governo e trava reformas, dizem analistas; programa desta segunda também fala sobre Petrobras e Oi

Teleconferência

Produção industrial deve mobilizar vendas de energia no 4º tri, diz CPFL

Para presidente da companhia, o momento da economia é positivo para segmento e para as distribuidoras

SÃO PAULO – Após revelar queda do lucro de 15,2% no terceiro trimestre de 2012, o presidente do grupo CPFL Energia (CPFE3), Wilson Ferreira Junior, afirmou em teleconferência que acontece nesta terça-feira (6), que a espera por melhora na venda de energia no quarto trimestre de 2012.

“O momento da economia é positivo para segmento e para as distribuidoras. Já esperamos uma retomada no segmento industrial”, explica.

O presidente destaca entre os motivos que favorecem a retomada do consumo no setor industrial, eventos como a redução do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) para linha branca e veículos, o programa Minha Casa Minha Vida e os eventos esportivos esperado para os próximos anos.

Para ele, a Medida provisória 579 – que estima a redução de até 20,2% no preço da energia – também deve favorecer o aumento do consumo.

Vendas de energia
A companhia informou que no terceiro trimestre de 2012, as vendas na área de concessão, realizadas por meio do segmento de distribuição, totalizaram 13.890 Gigawatt/hora, um aumento de 1,0%. Já as vendas para o mercado cativo totalizaram 9.795 GWh, uma redução de 2,7%.

Já a quantidade de energia, em GWh, correspondente ao consumo dos clientes livres na área de atuação das distribuidoras do grupo, faturada por meio da Tarifa de Uso do Sistema de Distribuição (TUSD), atingiu 4.096 GWh no 3T12, um aumento de 11,1%, reflexo da migração de clientes do mercado cativo para o mercado livre.