Possível venda da Bozzano pela Hypermarcas é vista com estranheza pela Planner

Para corretora, não estava nos planos da empresa que ela vendesse a Bozzano, e sim as marcas com margens mais baixas

SÃO PAULO – A possibilidade de venda da marca Bozzano pela Hypermarcas (HYPE3) foi vista com desconfiança pela Planner, uma vez que a corretora esperava que a empresa se desfizesse dos ativos dos segmentos de Alimentos e Limpeza, como foi anteriormente planejado, já que eles apresentam margens mais baixas. Caso confimada, a notícia da venda da Bozzano seria ruim, afirma o analista Francisco Kops.

Porém, mesmo com esse rumor e com a performance insatisfatória das ações da companhia em 2011, a corretora segue com a recomendação de compra das ações HYPE3, apontando um preço-alvo para dezembro de 2011 de R$ 16,50, o que configura um potencial de valorização de 108,07% em relação ao fechamento dessa terça-feira (4).

Venda de marcas
A Hypermarcas já havia anunciado anteriormente que venderia as marcas de sabão em pó Assim, a esponja de aço Assolan e os atomatados Etti. 

PUBLICIDADE

Segundo Kops, a lógica por trás da Hypermarcas querer se desfazer da marca Bozzano é o fato de que ela apresenta uma pequena participação do mercado, de apenas 2%, mesmo com grandes investimentos públicitários e com gastos de US$ 30 milhões para a divulgação da marca.

A líderança do segmento de esponjas e aparelho de barbear é da Gilette, da P&G (Procter & Gamble), com larga vantagem sobre as outras melhores colocadas. O segundo lugar é da BIC, sendo a principal candidata à compra da Bozzano, caso a Hypermarcas realmente anuncie a venda do ativo.