Grupo X

Por interferência da Petrobras, OSX perde contrato de US$ 1,6 bi, diz jornal

Negociação com a Sete Brasil para construir 2 sondas não teria ido adiante porque a Petrobras teria interferido no processo, pois não estaria interessada em sua execução

Por  Lara Rizério

SÃO PAULO – A OSX Brasil (OSXB3) perdeu o contrato de construção de duas sondas de perfuração do pré-sal no Superporto de Açu, num custo aproximado de US$ 1,6 bilhões, de acordo com informações do jornal “O Estado de S. Paulo”

A negociação com a Sete Brasil não teria ido adiante porque a Petrobras (PETR3;PETR4) teria interferido no processo, uma vez que a petrolífera estatal não estaria interessada em sua execução. A Sete Brasil é uma gestora que tem como acionistas, além da Petro, fundos de pensão e bancos privados. 

Veja mais: OSX demite 80 funcionários, diz colunista da Veja

As duas sondas representariam cerca de 20% da carteira de contratos da OSX, atualmente de cerca de US$ 8 bilhões. De acordo com uma das fontes ouvidas pelo jornal, a Petrobras interrompeu os planos da Sete Brasil de entrar no mercado de barcos de apoio e plataformas flutuantes, intensificando recentemente o afretamento (aluguel) destas embarcações com empresas estrangeiras. 

Entretanto, a Sete Brasil destacou, em nota, que não há divergências com acionistas e que mantém interesse na contratação de duas sondas da OSX. 

Veja também: Goldman reduz preço-alvo da ação da OSX em 66%

Compartilhe