Petrolífera

Petrobras traça plano para economizar R$ 32 bilhões até 2016

Empresa divulga metas do Procop e anuncia que possui 515 iniciativas de otimização de custos

SÃO PAULO – A Petrobras (PETR3, PETR4) pretende economizar até R$ 32 bilhões entre 2013 e 2016, segundo metas do Procop (Programa de Otimização de Custos), divulgadas na tarde desta quarta-feira (19).

Esse programa atua no plano financeiro, ao aumentar a geração de caixa no período, assim como no plano operacional, com produtividades maiores, e no plano organizacional, ao reforçar um modelo de gestão baseado na eficiência em custos.

Para colocar o número em perspectiva, a petrolífera lembra que esse valor é maior que o programa de investimentos em gás e energia (US$ 13,8 bilhões), de desinvestimentos (US$ 14,8 bilhões), e igual à necessidade anual de captações, que varia de US$ 16 a US$ 18 bilhões.

A Petrobras identificou R$ 63 bilhões em gastos gerenciáveis no último ano. Desse total, a empresa priorizou 39 oportunidades de otimização nos processos produtivos e de suporte, que abrigam R$ 43 bilhões desse total.

Essas oportunidades foram traduzidas em 515 iniciativas de otimização de custos. A empresa esclarece que as atividades de pesquisa e desenvolvimento, engenharia, exploração, comunicação, responsabilidade social, área financeira e outros processos de gestão não serão afetados pelo programa.