Principais Notícias

Pão de Açúcar: Casino e Abilio estão alinhados para negociar, diz Valor

Ambos os lados trabalham num modelo convergente para que o casamento, iniciado em 2006, termine com uma separação amigável

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – A convivência na maior companhia de varejo do país, Pão de Açúcar (PCAR4), entre o grupo francês Casino e o sócio Abilio Diniz, da família fundadora, está mais próxima de um desfecho, afirma matéria do jornal Valor Econômico.

O Valor apurou que ambos os lados trabalham num modelo convergente para que o casamento, iniciado em 2006, termine com uma separação amigável. A operação tem potencial para movimentar de R$ 7,5 bilhões a R$ 8 bilhões. 

Está na mesa uma estrutura em que Abilio Diniz, agora minoritário na empresa, entregaria ao controlador Casino suas ações ordinárias de Pão de Açúcar e as lojas físicas que possui – cerca de 60 pontos, pelos quais recebe um aluguel anual de R$ 165 milhões ao ano – para ficar com o controle da empresa de eletroletrônicos Via Varejo e a companhia de comércio eletrônico Nova Pontocom.

Já parte das preferenciais que o empresário tem na empresa seriam usadas para uma oferta à família Klein, minoritária na Via Varejo, com 47,5% do capital.