Conteúdo Patrocinado
Oferecido por Paschoalotto

Pagou Fácil facilita o pagamento e recebimento de contas

Plataforma de cobrança digital reúne ferramentas para automatizar recebimentos e recuperar crédito sem cobrar mensalidade

Por  MoneyLab -

O relacionamento com os clientes está no centro do planejamento das empresas de todos os portes. E isso significa cultivar esse vínculo do momento em que se dá o interesse pelo serviço ou produto até o pós-venda. Facilitar o pagamento é uma parte importante do processo, pois contribui para melhorar o restante do fluxo, inclusive, diminuir a inadimplência.

A Paschoalotto, com base na experiência de quase 23 anos no mercado, inovou ao desenhar o Pagou Fácil, plataforma que reúne ferramentas para facilitar a emissão de cobranças, automatizar os recebimentos e recuperar créditos sem cobrar uma mensalidade fixa. Ou seja, a empresa que utiliza os seus serviços só paga pelos pagamentos compensados ou pagamentos que receber.

Trata-se de uma iniciativa para democratizar a cobrança digital no Brasil, na medida em que possibilita o acesso desse instrumento também às micro e pequenas empresas. “Somos líderes absolutos em serviços de recuperação de crédito e relacionamento, além de cultivar sempre a parceria na terceirização de processos de negócio para empresas de todo o país”, diz Eric Garmes, vice-presidente da Paschoalotto, ao MoneyLab.

Recuperação de crédito

Mais de mil e quinhentas contas em atraso são recuperadas todos os dias pelo Pagou Fácil, que atende empresas de diversos segmentos – de fintechs a negócios da construção civil. O processo humanizado de contato com os clientes eleva o resultado.  “Quanto menor o tempo que a conta está em aberto, maiores são as chances de recuperação desses pagamentos”, diz Garmes.

A customização é um dos principais trunfos da tecnologia. Os agentes virtuais – ou bots -, por exemplo, podem ser programados para agir como um jovem, ou com uma postura mais madura, de acordo com o perfil de cada público. O tom da fala pode ser igualmente personalizado.

“Por mais que a plataforma seja digital, a nossa meta é promover um atendimento customizado, de acordo com a atuação de cada companhia que utiliza os nossos serviços”, diz Garmes.

Outro importante pilar é a possibilidade de os clientes acessarem diversos canais de contato, com base no conceito de omnichannel, o que aumenta a possibilidade de acordos realizados. O usuário escolhe a maneira como deseja se relacionar com o Pagou Fácil: troca de mensagens por meio de chatbot, e-mail, SMS, entre outras. Todas essas iniciativas têm a finalidade de desburocratizar as negociações e facilitar o processo de pagamento.

Auxílio na gestão financeira

Além de recuperar crédito, as companhias podem contar com ferramentas para desenvolver uma gestão mais assertiva dos recebíveis por meio do dispositivo que permite, por exemplo, a emissão de muitos boletos de uma só vez. Para contratar, basta fazer o cadastro no site e começar a usar.

“Hoje temos mais de 2 mil empresas que já autocontrataram o Pagou Fácil com diversas finalidades. Há escolas, por exemplo, que emitem boleto mensal a todos os alunos com a facilidade de alguns cliques”, diz Garmes.

Todos os serviços contam com nível absoluto de segurança, e a plataforma foi desenhada para contemplar a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD). Os recebimentos são flexíveis e podem ser realizados por meio de boleto, cartão de crédito, Pix, lotéricas ou moedas alternativas.

Enquanto as companhias se dedicam para aperfeiçoar a sua maneira de atuar, o Pagou Fácil garante uma gestão financeira assertiva e contribui para diminuir a inadimplência dos negócios.

É possível realizar o cadastro no site da Paschoalotto e começar a usar os serviços sem custo – a empresa só paga pelos pagamentos que forem compensados.

 

 

 

 

Compartilhe