Mundo X

OSX diz que não foi notificada sobre execução de título e cancela “market maker”

Companhia rescindiu o contrato de formador de mercado com o Credit Suisse e ficará sem o serviço a partir de 25 de outubro

Por  Rodrigo Tolotti

SÃO PAULO – A OSX Brasil (OSXB3) enviou dois comunicados ao mercado na noite desta sexta-feira (27). A empresa rescindiu o contrato, feito em 15 de dezembro de 2010, de formador de mercado com o Credit Suisse. Com isso, a partir do próximo dia 25 de outubro, a empresa não contará mais com um formador de mercado.

Em outra notificação, a OSX esclareceu as informações apresentadas pela Agência Estado na última quinta-feira (26) que dizia que a empresa está sofrendo uma execução de título extrajudicial pela A.R.G.. A companhia diz que não recebeu nenhuma notificação oficial sobre o assunto da matéria, e que caso receba informações sobre o caso irá enviar comunicado ao mercado.

A OSX reiterou que desde o anúncio do novo Plano de Negócios, em 17 de maio deste ano, iniciou vários diálogos e iniciativas junto a seus clientes, financiadores, colaboradores e fornecedores, visando a necessidade de readequação do planejamento original à sua nova realidade.

Compartilhe