Com derrocada das ações

Opções de venda de Petrobras disparam até 590% na Bolsa em 2 dias

Analistas seguem preocupados com o endividamento da companhia, mesmo após o balanço mostrar um lucro acima do esperado; ação desaba cerca de 8% na semana

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Com a derrocada da Petrobras (PETR3; PETR4) nos últimos dois dias, opções de venda da estatal, que pareciam ir cada vez mais rumo ao “pó”, ressurgiram na Bolsa e passaram a disparar forte. As “puts” (opções de venda) valorizam quando o ativo que as derivam caem no mercado, aumentando a chance de o comprador dessas opções conseguirem exercê-la e, consequentemente, lucrar ao final do contrato. 

Como nos últimos pregões as ações da estatal desabaram (-8%), esses contratos têm ganhado cada vez mais valor na Bolsa. Analistas seguem preocupados com o endividamento da companhia, mesmo após o balanço mostrar um lucro acima do esperado. Além disso, os preços do petróleo caem no mercado internacional. Ontem, o Goldman Sachs cortou a recomendação as ações da Petrobras de neutra para venda, após revisar para baixo suas projeções para os preços do petróleo nos próximos anos.

Uma das opções que mais se valorizaram no período foram as negociadas sob o ticker PETRR42, com vencimento em 15 de junho e preço de exercício de R$ 12,50 (que agora estão bem próximas do dinheiro, ou seja, do valor atual da ação preferencial da Petrobras).  

Aprenda a investir na bolsa

Da abertura do pregão de segunda-feira até o fechamento deste pregão, esses contratos subiram 589%, mas, considerando o fechamento de sexta-feira, a alta é de 128%. Com a valorização, eles saíram do patamar de R$ 0,07 para R$ 0,48, atualmente. Isso porque as ações da Petrobras abriram em alta anteontem (pós-divulgação do balanço), mas foram perdendo força ao longo do dia, enquanto o mercado digeria o balanço e o vencimento de opções sobre ações na Bovespa ajudava a trazer volatilidade. Do fechamento de sexta-feira até esse momento, as ações PETR4 caíram 8,18%, mas desde a abertura de segunda a desvalorização já atinge 11,4%. 

Petrobras e a aula de como funcionam os “comprados x vendidos” no mercado de opções

Outros contratos que sobem forte no período são: PETRR30, PETRR11 e PETRR13, ambos com vencimento em 15 de junho. De sexta-feira até hoje, essas opções registram ganhos de 153%, 160% e 103%, respectivamente, sendo cotados a R$ 0,33, R$ 0,13 e R$ 0,73. 

Por outro lado, as opções de compra da Petrobras, que seguem o movimento do ativo objetivo mas com uma variação superior devido também ao seu valor de face, caem forte na Bolsa. Destaque para os contratos PETRF14, que recuaram 40,9% somente hoje. Eles têm preço de exercício em R$ 14,00 e vencimento em 15 de junho.