O valor do Grupo Zap

OLX entra em campo minado de unicórnios com armamento pesado

Gigante formada por OLX e Grupo Zap apostará em dados e inovação para vencer ameaça de unicórnios, revela CFO

mercado imobiliário
(Shutterstock)
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Quem é impactado todos os dias por dezenas de anúncios de casas e apartamentos nas redes sociais pode não imaginar, mas o online corresponde a apenas 10% do mercado de compra e venda de imóveis no Brasil. Esse é apenas o primeiro dado em que a OLX Brasil se baseou para fechar a compra, por R$ 2,9 bilhões, do Grupo Zap, que compreende as plataformas de classificados Zap e VivaReal.

A transação, anunciada na última terça-feira (3) e que ainda depende do aval da autoridade antitruste, deve se tornar uma das grandes armas da OLX para lutar contra a invasão de startups nesse mercado.

Não vai ser fácil, porque a competição não veio para brincar. Além das outras empresas tradicionais do setor, como Imovelweb e até Mercado Livre, dois dos onze unicórnios (startups que valem mais de US$ 1 bilhão) brasileiros trabalham com compra, venda e aluguel de imóvel online.

Aprenda a investir na bolsa

O QuintoAndar, que atingiu o valuation em setembro de 2019, trouxe como diferencial o aluguel com seguro fiança garantido, mas já começa a expansão para compra e venda. Em janeiro, a Loft entrou no time, comprando, reformando e vendendo imóveis – outro modelo inovador.

Joel Rennó Jr., CFO e Head de M&A da OLX Brasil, não se acanha em citar os dois concorrentes ao revelar a estratégia por trás da aquisição. Ambos os formatos são “interessantes”, diz o executivo, ao ser questionado pelo InfoMoney sobre as mudanças que previstas para a companhia após a venda.

Ele não pode dar detalhes de produtos a serem criados antes do aval do Cade, mas sugere que as startups serão estudadas e promete “funcionalidades, facilidades e conveniências que nenhum outro player pode oferecer”, explorando as sinergias financeiras dos negócios e a complementariedade de serviços.

Dados: o novo petróleo

Com 250 mil buscas de imóveis por dia, cerca de 55 milhões de visitas mensais e nove milhões de unidades anunciadas, o Zap definitivamente tem uma visão panorâmica do setor imobiliário brasileiro. Não à toa, o componente de pesquisa de mercado é relevante dentro do grupo – a base fornece insumos para alguns dos relatórios mais distribuídos do mercado.

Esse foi um item fundamental para a tomada de decisão da OLX Brasil. “Dado é o novo ouro, o novo petróleo”, lembra Rennó. “A gente quer usar essa inteligência especialmente para entender as necessidades dos nossos usuários, de quem está querendo comprar, vender ou alugar imóveis e, com isso, de fato oferecer as melhores soluções”, explica o executivo.

Um dos trunfos de ter uma base tão completa é atender não apenas os brasileiros conectados, os 10% a que os unicórnios já têm acesso, mas traçar um panorama amplo o suficiente para agregar os 90% que ainda negociam imóveis analogicamente – e assim continuar crescendo 50% ao ano (taxa dos últimos quatro anos).

PUBLICIDADE

Seja sócio das maiores empresas da Bolsa com corretagem ZERO. Abra uma conta na Clear.