Em negocios

Carlyle compra 22% do Madero por R$ 700 milhões

 Durante o negócio, o Madero foi avaliado em R$ 3 bilhões    

Madero
(Reprodução)

SÃO PAULO - O fundo de private equity Carlyle fechou a compra de 22% da rede paranaense Madero por R$ 700 milhões.

O acordo foi assinado após as eleições e deverá ser finalizado após o processo de análise de dados financeiros ("due dillingence") que está previsto para acabar em janeiro. No total, o Madero ficou avaliado em R$ 3 bilhões. 

A rede conta hoje com 139 restaurantes e ficou conhecida pela rápida expansão. Criado em 2005, o crescimento foi financiado por meio de dívidas concentradas no fundo HSI.

Hoje o déficit é de cerca de R$ 520 milhões e do valor total, R$ 600 milhões devem ir para o Madero e o restante para os sócios. 

Fundo de private equity

O fundo Carlyle é dono da rede Ri-Happy e da TokStok no Brasil e está apostando nos resultados de alguns investimentos para lucrar. A empresa de brinquedos, por exemplo, está na fila de de abertura de capital (IPO) na Bovespa.

O Madero também pretende fazer o IPO dentro de dois anos, e o fundo estaria investindo pensando no resultados de médio prazo, segundo o Estado de S. Paulo. A assessoria da rede disse não ter informações sobre o assunto. 

Quer aproveitar o momento bom da Bolsa e investir seu dinheiro em grandes empresas? Abra sua conta gratuita na XP. 

 

Contato