Em negocios

5 dicas para ser mais criativo nos negócios

Questionar o próprio modelo de negócios é a base para ser criativo nos negócios. As boas respostas começam com boas perguntas

Criatividade
(Sunni Brown)

SÃO PAULO - A criatividade pode ser a peça-chave para ganhar mercado e dar lucro ao negócio. Sabendo disso, a especialista em criatividade para inovação, Adriana Baraldi, e o sócio diretor da iSetor, Erick Krulikowski, dão cinco dicas para alavancar a criatividade nos negócios:

Seja questionador
Questionar o status quo e o próprio modelo de negócios é a base para ser criativo nos negócios. As boas respostas começam com boas perguntas, e por isso o exercício do questionamento livre pode ajudar bastante.

O teste dos “Por quês” ajuda a desmontar respostas e falsos argumentos e contribui para imaginar cenários. “A Motorola nasceu fabricando rádios para carros, mudou radicalmente de negócio e se tornou conhecida pela produção de celulares”, disseram os executivos.

Seja um articulador de ideias e de pessoas
Um ambiente criativo é um ambiente onde o fluxo de pessoas e ideias é livre. A capacidade de articular essas peças é que faz com que uma empresa seja criativa. Para isso, também é importante exercer o desapego da autoridade: mais do que promover a “sua” ideia, é importante conduzir o grupo para chegar a uma boa solução para a empresa.

Envolva e motive as pessoas
A criatividade tem mais resultados nos negócios se não ficar presa a um grupo específico da organização. Os especialistas dão um exemplo:

"Uma empresa da Costa Rica que exporta abacaxis motivou seus colaboradores da seguinte forma: se alguém tivesse uma ideia que pudesse diminuir os custos da empresa, receberia uma premiação em dinheiro, não importando em qual nível hierárquico estivesse. Um dos empregados que trabalhava carregando e armazenando os abacaxis teve a ideia de mudar o tamanho padrão das caixas de armazenamento com apenas alguns centímetros a mais em cada um delas. Com isso, foi possível armazenar mais abacaxis em um volume e milhares em cada contêiner, fazendo a empresa diminuir seus custos de exportação".

Pense em soluções simples e diferentes para os problemas
“A criatividade tem a ver com a forma que encaramos os problemas e com a combinação de ideias que utilizamos nessa abordagem”. Neste sentido, as técnicas de Pensamento Lateral, que estimulam as pessoas a verem os problemas sob outra perspectiva, podem ajudar bastante.

Encontre o equilíbrio entre a organização e a desorganização
Até a criatividade deve ser, de certa forma, planejada. Nos negócios, é preciso equilibrar soluções criativas com processos já bem conhecidos pela empresa, para manter todos da equipe criando, sem esquecer de sua produtividade.

 

Contato