Memória

Nevaldo Rocha, dono das lojas Riachuelo, morre aos 92 anos

Empresário morreu em sua casa em Natal, no Rio Grande do Norte

Nevaldo Rocha (Foto: Canindé Soares)

SÃO PAULO – Nevaldo Rocha, dono e presidente do Grupo Guararapes (GUAR3), faleceu aos 92 anos na noite desta quarta-feira (17), em sua residência em Natal (RN). A causa da morte ainda não foi revelada.

Nevaldo fundou a companhia, controladora da Riachuelo, ao lado do seu irmão Newton Rocha, em 1947.

“Nascido na cidade de Caraúbas (RN) teve uma infância humilde no sertão nordestino. A sua trajetória como empreendedor é marcada por ousadia e superação desde cedo. Com apenas 12 anos, ele partiu para Natal em busca de trabalho e assim juntou capital para começar sua primeira loja de roupas”, destacou a Guararapes em comunicado ao mercado.

PUBLICIDADE

Com o falecimento de Nevaldo Rocha, “o Grupo Guararapes perde um grande líder e conselheiro, que serviu de exemplo e inspiração por seus valores, como honestidade, simplicidade, foco, transparência e meritocracia. E o Brasil perde um entusiasta do empreendedorismo, que defendia o papel social da iniciativa privada para a construção de um país melhor e mais justo, com trabalho e educação de qualidade para todos”, complementa a nota da companhia.

Nevaldo Rocha era viúvo e deixa três filhos: Flávio Rocha – atual presidente do conselho de administração do Grupo Guararapes -, Lisiane Rocha e Élvio Rocha, além de netos e bisnetos.

Invista na carreira mais promissora dos próximos 10 anos: aprenda a trabalhar no mercado financeiro em um curso gratuito do InfoMoney!