Novo formador

MPX substitui Credit Suisse pelo “parceiro” BTG como formador de mercado

Contrato celebrado é válido pelo período de um ano e prorrogável automaticamente por igual período caso não haja manifestação contrária de qualquer das partes

Por  Lara Rizério

SÃO PAULO – A MPX Energia (MPXE3) informou nesta terça-feira (11) que rescindiu contrato de formador de mercado com o Credit Suisse. Quem passará a partir de agora a exercer esta função para os ativos da companhia do grupo EBX será o BTG Pactual, que atuará de modo a aumentar a liquidez das ações ordinárias no âmbito da BM&FBovespa.

O contrato celebrado é válido pelo período de um ano e prorrogável automaticamente por igual período caso não haja manifestação contrária de qualquer das partes. Não foi celebrado com o formador de mercado qualquer contrato regulando o exercício do direito de voto ou a compra e venda de valores mobiliários de emissão da Companhia.

A companhia informou ainda que encontram em circulação no Novo Mercado 578,47 milhões de ações MPXE3 de emissão da companhia. Vale ressaltar que, no início de março, o BTG Pactual firmou uma parceria com o grupo EBX, de Eike Batista, para cooperação estratégica e financeira. Além de assessoria financeira, linhas de crédito e investimentos de capital a longo prazo para projetos estruturantes do grupo em seus diversos setores estavam nos termos do acordo.

Compartilhe