Balanços

Marcopolo (POMO4) vê lucro cair 12,7% no 1º trimestre, para R$ 27 milhões

Já a receita líquida consolidada subiu 17,5% e ficou em R$ 898,6 milhões entre janeiro e março de 2019

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – A Marcopolo (POMO4) fechou o primeiro trimestre deste ano com lucro líquido de R$ 27 milhões, o que representa uma queda de 12,7% ante os R$ 30,9 milhões de um ano antes. A margem líquida da companhia, por sua vez, caiu de 4% para 3% no mesmo período.

Já a receita líquida consolidada subiu 17,5% e ficou em R$ 898,6 milhões entre janeiro e março de 2019. Enquanto isso, o Ebitda (lucro antes juros, impostos, depreciação e amortização) foi de R$ 60,6 milhões – queda de 1% -, com margem Ebitda de 6,7%.

Em seu release de resultado, a Marcopolo justifica a piora do desempenho por conta de eventos não recorrentes relativos ao encerramento das operações da Metalpar, no valor de R$ 19,2 milhões, ao impacto positivo líquido de R$ 15,1 milhões de reembolso do seguro e às rescisões com representantes comerciais no montante de R$ 3,1 milhões.

PUBLICIDADE

Ainda segundo a companhia, entre os destaques do início de ano ficaram “o maior faturamento de urbanos, tanto aqueles direcionados ao mercado brasileiro, como modelos exportados ou produzidos em nossas operações internacionais, em especial no México, bem como o desempenho da unidade de negócio Volare”.