Resultados

Lucro do BTG Pactual cresce 240% mas não atinge projetado pelo Bradesco

Companhia teve receita líquida de R$ 1,685 bilhão no trimestre

SÃO PAULO – O BTG Pactual (BBTG11) lucrou R$ 793 milhões no terceiro trimestre de 2012, uma alta de 243,29% frente o que havia sido registrado no mesmo período do ano passado. O número, porém, não atinge os R$ 813 milhões esperados pelo Bradesco para o banco de André Esteves. 

“Anunciamos nossos resultados com satisfação, complementando uma sequência de resultados sólidos e refletindo nossa contínua capacidade de entregar altos retornos sobre o patrimônio líquido”, avalia a companhia, que teve receita líquida de R$ 1,685 bilhão no trimestre – crescimento de 149,63%. 

A companhia viu o patrimônio líquido praticamente dobrar em um ano, passando de R$ 7,64 bilhões para R$ 13,12 bilhões – alta de 71,73%. O ROAE (Returnm on Average Equity) cresceu de 12% para 24,9%, ligeiramente abaixo dos 25,7% estimados pelos analistas Carlos Firetti, Bruno Chemmer e Gustavo Lôbo. Já o total de ativos pulou de R$ 122 bilhões para R$ 161,3 bilhões em um ano. 

Os números vieram abaixo do que havia sido registrado no segundo trimestre de 2012 – quando a companhia teve lucro de R$ 822 milhões e ROAE de 30,4%. A receita, porém, cresceu dos R$ 1,638 aferidos entre abril e março deste ano. O total de ativos também ficou acima dos R$ 136,9 bilhões que haviam sido vistos em no segundo trimestre.