MERCADOS AO VIVO Unit do BR Partners (BRBI11) estreia na B3 em alta de mais de 15%

Unit do BR Partners (BRBI11) estreia na B3 em alta de mais de 15%

Impedindo a falência

Livraria Cultura recebe aval para novo plano de recuperação judicial

Em seu site, a empresa lista seis livrarias em operação; dívida é de R$ 285 milhões

SÃO PAULO – A Livraria Cultura impediu sua falência e teve seu plano de recuperação judicial homologado pela Justiça de São Paulo na quarta-feira (26).

De acordo com o jornal O Globo, houve um aditivo ao plano de recuperação judicial discutido em setembro do ano passado por uma assembleia geral de credores. O novo plano promove descontos de até 80% sobre as dívidas da Livraria Cultura com seus credores.

“A empresa estava sofrendo uma ameaça de quebra porque reconhecidamente não tinha condições de cumprir o plano de recuperação anterior à pandemia”, disse ao jornal Fabiana Solano, advogada da empresa no processo. Segundo Fabiana, a Livraria Cultura vai poder buscar novos financiamentos com mais facilidade.

A empresa está em recuperação judicial desde 2018, com uma dívida de R$ 285 milhões. A Livraria Cultura lista seis unidades em funcionamento atualmente em seu site oficial. Eram 13 lojas em 2020, segundo O Globo. Em fevereiro deste ano, a Livraria Cultura encerrou três lojas em shopping centers. Cidades como Brasília, Campinas e Ribeirão Preto ficaram sem lojas da marca.

Em nota reproduzida pelo jornal, a livraria afirmou que lojas que teriam retorno previsto somente depois de seis meses foram descontinuadas. A Cultura planeja voltar a ser lucrativa ainda em 2021, por meio de serviços que integrem vendas digitais e físicas. Mas o faturamento que vinha de eventos como atividades culturais, gastronômicas ou noites de autógrafos não deve retornar com força ainda neste ano.

Sócia da XP Investimentos oferece curso gratuito de como alcançar a liberdade financeira. Clique aqui para se inscrever.