Maior concorrência em Wall Street

JPMorgan e Goldman Sachs investem em nova bolsa nos EUA

Bancos estão entre os mais novos investidores da Members Exchang, novo mercado de ações que irá competir com a Bolsa de Nova York e com a Nasdaq

(Bloomberg) — O JPMorgan Chase e o Goldman Sachs vão fazer parte de um novo mercado de ações que irá competir com a Bolsa de Nova York e com a Nasdaq.

Os bancos de Wall Street e a empresa de trading Jane Street Capital são os mais novos investidores da Members Exchange, segundo comunicado divulgado na quinta-feira. Eles se juntam a nove outros pesos-pesados do setor financeiro que apoiam a nova bolsa de ações dos EUA, cuja estreia está programada para 24 de julho e aguarda aprovação da Comissão de Valores Mobiliários dos EUA.

Em entrevista, o CEO da chamada MEMX, Jonathan Kellner, disse que “essa captação de recursos não tinha a ver com a necessidade de dinheiro” para o lançamento nos EUA, mas para envolver “investidores mais estratégicos”.

PUBLICIDADE

Os financiadores originais da MEMX – que incluem Citadel Securities, Virtu Financial, Bank of America e Morgan Stanley – decidiram criar o mercado devido à frustração com as taxas cobradas pelas bolsas de valores existentes. Embora seus investidores sejam frequentemente concorrentes ferozes em outras frentes, eles se uniram em um esforço para fazer pressãs sobre custos, principalmente dados de mercado, e aumentar a transparência.

As novas empresas terão assentos no conselho e os mesmos direitos de voto que seus investidores originais, disse Kellner, que foi CEO da corretora Instinet, da Nomura Holdings, de 2014 a 2018. Ele não quis dizer quanto os investidores colocaram no projeto.

A MEMX, com sede em Jersey City, Nova Jersey, aumentou a equipe para mais de 30 pessoas no ano passado, tendo contratado o diretor de operações Thomas Fay e o diretor de tecnologia Dominick Paniscotti, que vieram da Nasdaq. Também contratou Louise Curbishley como diretora financeira e Lindsay Gilliam como diretora de pessoas.

“Vemos a MEMX como outra maneira de expressar nossas opiniões no diálogo da estrutura do mercado de ações dos EUA”, disse Amy Hong, chefe global de estratégia de estrutura de mercado para a divisão de valores mobiliários do Goldman Sachs. “Estamos empolgados em apoiar a inovação nos mercados de ações por meio da MEMX.”

Na quinta-feira, o Morgan Stanley fechou um acordo para adquirir um dos financiadores originais da MEMX, a corretora de descontos ETrade Financial, por US$ 13 bilhões. Charles Schwab e TD Ameritrade, rivais da ETrade em processo de fusão, também são membros da bolsa.

Seja sócio das melhores empresas da Bolsa: abra uma conta na Clear com taxa ZERO para corretagem de ações