Em negocios / inovacao

Concurso dá R$ 330 mil para quem criar substituto do Facebook

Segundo o site, o objetivo é construir uma nova rede social que "não manipule os usuários e que não dissemine a desinformação"

Facebook
(achinthamb / Shutterstock.com)

SÃO PAULO - Uma competição quer se aproveitar do movimento #DeleteFacebook para criar um substituto da rede social. Chamado OpenBook Challenge, o desafio dará US$ 100 mil, cerca de R$ 330 mil, para quem conseguir desenvolver uma nova plataforma com foco na privacidade dos usuários e que seja capaz de concorrer com o Facebook.

De acordo com o site, o objetivo é criar uma nova rede social para bilhões de pessoas que não manipule os usuários e que não dissemine a desinformação. "O Facebook é uma força destrutiva em nossa sociedade. Por isso vamos investir US$ 100 mil para ajudar você a construir algo melhor", diz o anúncio.

Pensando na viabilidade do projeto, os competidores deverão buscar uma alternativa ao modelo de negócios criado por Mark Zuckerberg, e não necessariamente fazer grandes alterações na usabilidade da rede. Além disso, os participantes podem se basear no Facebook para criar seus projetos, desde que pensem em um modelo de negócios mais sustentável, que pode incluir assinaturas pagas, anúncios não-invasivos ou criptomoedas.

O processo é formado por três partes: inscrição no site (informando os planos e membros da equipe), seleção de 20 times e por fim, a seleção dos sete projetos mais executáveis. A competição será bancada pelo investidor Jason Calacanis, um dos críticos do Facebook após o escândalo de vazamento de dados.

Quer investir melhor o seu dinheiro? Abra uma conta na XP

 

Contato