Em negocios / inovacao

Uber anuncia mais um passo rumo aos carros autônomos

Centro no Canadá emprega grandes nomes na área de inteligência artificial  

Uber autônomo
(Divulgação Uber)

SÃO PAULO – A Uber anunciou nesta terça-feira a contratação de uma das principais pesquisadoras do mundo nas áreas de percepção de máquinas e inteligência artificial, Raquel Urtasun. Seu trabalho dentro da empresa marca mais um passo no esforço de criar uma frota de veículos autônoma para o serviço de transporte particular.

De acordo com comunicado da companhia, a profissional, docente da Universidade de Toronto, liderará o primeiro centro de pesquisa da Uber fora dos Estados Unidos: o Grupo de Tecnologias Avançadas da Uber, em Toronto.

O foco é o “desenvolvimento de um software que permite que carros autônomos reconheçam objetos, de forma que possam andar de maneira tranquila e segura”, disse a empresa.

Em março, a Uber suspendeu temporariamente os testes com carros autônomos próprios nas ruas dos Estados Unidos, após a notícia de que um deles capotou enquanto rodava com dois motoristas supervisores do programa. Até então, clientes poderiam ser atendidos por veículos autônomos em testes desde setembro de 2016.

 

Contato