Empreendimentos imobiliários

Imaturidade é problema do setor de loteamentos no Brasil, sugere especialista

A complexidade do setor é enorme, já que o empreendedor do loteamento precisa cumprir diversas obrigações relacionadas à infraestrutura urbana

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – Nesta segunda-feira (2), Ricardo Reis, professor do InfoMoney, conversou com Caio Portugal, presidente da Associação das Empresas de Loteamento e Desenvolvimento Urbano (Aelo), sobre a importância e a complexidade do setor de loteamentos, que é um mercado com potencial gigante de crescimento, mas que acaba esbarrando em problemas logísticos e burocráticos. Assista à entrevista acima.

Além do cargo de presidente da associação, Caio também trabalha na companhia da família, a GP Desenvolvimento Urbano, especialista em loteamentos.

PUBLICIDADE

Como explica Portugal, o loteamento é o primeiro passo de todo empreendimento imobiliário, logo, é fundamental sua importância para o mercado de imóveis como um todo.

Por conta dessa importância, é necessário algumas licenças para que o loteamento aconteça. “Ao fazer um loteamento, você deve obter a licença urbanística e e a licença ambiental, o que autoriza você a implantar o empreendimento”, explica.

Além das licenças, a complexidade do setor é enorme. Como o empreendedor do loteamento precisa cumprir diversas obrigações relacionadas à infraestrutura urbana, como rede de abastecimento de água e distribuição de energia elétrica, por exemplo, o processo demanda muitos profissionais diferentes. Para que um lote seja devidamente licenciado, o prazo é entre 18 e 24 meses.

“Isso [as etapas do processo de loteamento] faz com que todo projeto de loteamento tenha que ter, no mínimo, um engenheiro topógrafo, um engenheiro civil, um arquiteto urbanista, um engenheiro sanitarista, um engenheiro elétrico. Como se vê, não é uma atividade muito simples”, detalha Portugal.

De acordo com o especialista, compilando os dados de 1991 à 2019, são licenciadas cerca de 120 mil unidades de lotes por ano só no estado de São Paulo. Ainda que nem todos esses lotes virem produtos no mercado imobiliário, o número expressa uma ordem de grandeza do setor.

Invista em fundos imobiliários com a melhor assessoria e taxa ZERO: abra uma conta gratuita na Rico