Em negocios / grandes-empresas

Guilherme Benchimol é eleito uma das 50 pessoas mais influentes do mundo pela Bloomberg

A revista seleciona as personalidades que atuam nas áreas de negócios, entretenimento, finanças, política, tecnologia e ciência 

Guilherme Benchimol
(divulgação)

SÃO PAULO - O CEO do Grupo XP, Guilherme Benchimol, foi eleito uma das pessoas mais influentes do mundo pela revista Bloomberg. O executivo é o único brasileiro entre os 50 selecionados e, mais que isso, é o único representante da América do Sul. Na América Latina, além dele, a publicação reconhece apenas o presidente do México, Andrés Manuel López Obrador.

A revista seleciona as personalidades que atuam nas áreas de negócios, entretenimento, finanças, política, tecnologia e ciência cujas realizações em 2018 foram particularmente notáveis.

“Co-fundada por Benchimol em 2001, a XP mudou a indústria de gestão de ativos no Brasil, dando à classe média acesso a sofisticados produtos de investimento e plataformas de negociação que não cobram taxas de corretagem”, diz a publicação.

No texto, a revista ressalta também a relevância da XP, inclusive depois do acordo com o Itaú. “Depois que o maior banco da América Latina em valor de mercado anunciou a aquisição da empresa, os analistas esperavam que a XP perdesse clientes porque já não era mais tão independente. Mas o oposto aconteceu: os clientes gostaram que a XP tivesse um grande banco como parceiro”, diz a publicação.

E os resultados são impressionantes: os ativos sob custódia aumentaram 51% este ano, para mais de R$ 190 bilhões até outubro, e o número de clientes aumentou também em 51%, para 815 mil.

Os planos da empresa incluem aumentar o número de assessores de investimentos de 3.700 para 10 mil até 2020. “Eu quero, daqui a 10 ou 20 anos, ser ainda maior do que o próprio Itaú”, diz Benchimol, estimando que o valor de mercado da XP esteja em cerca de R$ 30 bilhões hoje.

A lista da Bloomberg, elaborada anualmente, conta com diversas personalidades como o Procurador-Geral da Califórnia, Sarah Friar; o CEO da Nextdoor; o primeiro-ministro da Etiópia, Abiy Ahmed Ali; o presidente da África do Sul, Cyril Ramaphosa; Amy Hood, diretora financeira da Microsoft, entre outras figuras relevantes.

 

Contato