Em negocios / grandes-empresas

iFood recebe aporte de US$ 500 milhões, maior em empresa de tecnologia da América Latina

Segundo Fabricio Bloisi, CEO do Movile, o valor do aporte ainda pode aumentar, visto que outros investidores podem vir a participar da rodada

iFood
(Divulgação/iFood)

SÃO PAULO – A Movile, controladora do iFood e startups como Sympla, Ingresso Rápido e Playkids, entre outras, anunciou nesta terça-feira (13) um investimento de US$ 500 milhões (cerca de R$ 1,87 bilhão) no iFood.

Esse é o maior aporte privado já feito em uma empresa de tecnologia na América Latina. Além da Movile, participaram da rodada a Innova e Naspers. Também neste ano, a Mobile e a Just Eat já aportaram US$ 100 milhões no iFood.

Segundo Fabricio Bloisi, CEO do Movile, o valor do aporte ainda pode aumentar, visto que outros investidores podem vir a participar da rodada. O valor será usado para fortalecer cinco pilares da empresa: inteligência artificial, logística, promoções, pessoas, além de fusões e aquisições. Nenhum projeto em específico foi anunciado.

“Seremos uma empresa brasileira de classe global. Queremos liderar o mercado de food delivery”, disse o executivo em encontro com jornalistas. Segundo a empresa, o objetivo é liderar o segmento em inteligência artificial.

Somente em outubro deste ano, o iFood registrou mais de 10,8 milhões de pedidos em todo o Brasil, uma média de 390 mil pedidos por mês. A fins comparativos, a líder global do setor, a norte-americana Grabhub, registra uma média de 410 pedidos mensais.

Já são 50 mil restaurantes cadastrados em todo o Brasil. A expectativa, segundo o CEO do iFood, Carlos Moyses, é triplicar este número no próximo um ano e meio. 

Invista melhor o seu dinheiro. Abra sua conta na XP Investimentos. 

 

Contato