Em negocios / grandes-empresas

Popeyes, concorrente do KFC, estreia no Brasil e quer abrir 300 unidades

A marca é controlada pela Restaurant Brands Internacional (RBI), do fundo 3G Capital de Jorge Paulo Lemann, dona também das operações do Burger King no Brasil

Popeyes
(Jonathan Weiss / Shutterstock.com)

SÃO PAULO – A segunda maior rede de frango frito do mundo, Popeyes Louisiana Kitchen, desembarcou no Brasil neste mês para competir com o KFC com uma meta agressiva de abrir 300 lojas até 2020 com um investimento de R$ 1 bilhão.

A marca é controlada pela Restaurant Brands Internacional (RBI), do fundo 3G Capital de Jorge Paulo Lemann, dona também das operações do Burger King no Brasil. O acordo foi firmado em fevereiro deste ano e dá à RBI os direitos de atuar como master franqueadora da Popeyes pelos próximos 20 anos.

Em entrevista concedida ao InfoMoney, o presidente da marca no Brasil, Iuri Miranda, contou que a vinda da rede considerou o crescimento do mercado brasileiro de alimentação “fora do lar” e de fast food, que ficou acima da inflação. “Além da própria expansão do fast food, o consumo de frango no Brasil tem crescido e já é maior do que qualquer outra proteína no país, incluindo carne e porco”, comentou.

Hoje, o mercado de frango frito no Brasil é liderado pelo KFC, que depois de duas tentativas mal sucedidas se estabeleceu no país em 2011 e teve, no início do ano, sua operação comprada pela Multi QSR, de Carlos Wizard, controladora também do Taco Bell no país. Além dela, marcas brasileiras de frango frito como a Chicken in House e Frango Americano também já estão estabelecidas.

Mas a Popeyes não se preocupa com a concorrente: ela garante que seu frango frito é diferenciado; “eles são marinados por 12 horas em temperos típicos e empanados à mão, diferente de tudo que já comeram por aqui”, contou Miranda. O presidente disse ainda que vê a concorrência como “algo saudável para a categoria”, que mostra que existe espaço no mercado para novas marcas.

Tal como fez o KFC inicialmente, o cardápio do Popeyes foi adaptado para o o paladar brasileiro, mas ainda mantendo sua essência. O famoso balde de frango frito (entre R$ 27,90 e R$ 47,90), por exemplo, vem acompanhado de arroz, feijão e salada.

A rede oferece também dois tipos de tempero, um mais suave que o original da rede, picante. “Avaliamos o nível de picância do nosso produto que chamamos de “vibrante”, uma vez que queríamos manter essa oferta no cardápio, mas entendemos que a tolerância para pimenta do público brasileiro é diferente do americano”, disse Miranda.

Além do balde de frango, são oferecidos também oito sanduíches diferentes, com preços que vão de R$ 14,90 a R$ 22,90, refeições com o frango e quatro tipos de sobremesa.

A primeira unidade do Popeyes foi aberta no Shopping Metrô Itaquera, no início de outubro, e até o final do ano devem ser abertas outras 5 a 10 lojas na grande São Paulo, todas em shoppings – Shopping Cantareira, Shopping Metrópole, Tietê Plaza e Cidade São Paulo são alguns dos que receberão as lojas.

O objetivo é que ritmo de expansão da Popeyes seja similar ao que teve o Burger King no Brasil, que viu o número de restaurantes subir de 100 para 700 em 7 anos.

Invista melhor o seu dinheiro: abra uma conta na XP

 

Contato