Em negocios / grandes-empresas

Empresa brasileira de educação faz IPO "em silêncio" na Nasdaq e é o novo Unicórnio

Nesta quarta-feira (26), o papel da empresa subiu 34% para US$ 23,50 e o negócio ficou avaliado em US$ 1,2 bilhão, cerca de R$ 4,8 milhões  

Educação básica
(Shutterstock)

SÃO PAULO - A empresa Arco Educação anunciou nesta terça-feira (25) a abertura de capital (IPO) na bolsa de valores americana Nasdaq. Sem grandes alardes, a companhia arrecadou US$ 194,5 milhões, cerca de R$ 783 milhões, com a venda de uma fatia de 22,8% do negócio. O preço da ação ficou definido em US$ 17,50 para o início das negociações, chegando a um valor de mercado de US$ 850 milhões (R$ 3,4 bilhões).

No entanto, nesta quarta-feira (26), o papel da empresa subiu 34% para US$ 23,50 e o negócio ficou avaliado em US$ 1,2 bilhão, cerca de R$ 4,8 bilhões. Com esse resultado, a empresa se tornou uma Unicórnio - nome dado a empresas que atingem US$ 1 bilhão em valor de mercado. 

Segundo o Valor, o preço de emissão indicou um múltiplo de 10 vezes o Ebitda projetado, acima dos pares de educação de porte semelhante, fato que é atribuído ao caráter tecnológico da Arco Educação. A leitura dos investidores americanos é que o segmento de educação é bastante resiliente e suporta melhor a instabilidade da economia brasileira. 

A empresa cearense é uma holding que nasceu em 2004 e dona da plataforma de ensino SAS Sistema de Ensino, criada no colégio Ari de Sá, que oferece às escolas parceiras soluções educacionais, como livros didáticos, consultoria pedagógica e produtos que integram tecnologia e conteúdo pedagógico. O foco do negócio é da educação infantil ao ensino médio. 

A oferta inicial foi 100% primária, ou seja, todo o dinheiro advindo do IPO vai para a companhia. Além disso, a Arco Educação manteve a família Sá Cavalcante e o fundo de private equity General Atlantic como acionistas. 

Os bancos coordenadores da oferta foram Goldman Sachs, Morgan Stanley, Itaú BBA, Bank of America Merrill Lynch, BTG Pactual, UBS e Allen & Co. A partir do IPO, a empresa pretende aumentar seu ritmo de crescimento com investimentos em tecnologia e novos produtos - estratégia que pode incluir aquisições. Hoje a empresa atende mais de 405 mil alunos e 1.140 escolas privadas no Brasil.

A Arco Educação, que terá o ticker ARCE, é a segunda empresa brasileira a abrir capital fora do país neste ano. Em janeiro, a PagSeguro fez seu IPO na Bolsa de Nova York, captando cerca de US$ 2,3 bilhões.

Quer investir em ações SEM taxa de corretagem? Abra uma conta na Clear.

 

Contato