Renascendo das cinzas?

Gradiente diz que receberá R$ 75 mi da Suframa; ação dispara 23% em 3 dias

Além da disparada dos papéis, chamou atenção o giro financeiro, que bateu hoje R$ 86 mil, contra média diária de R$ 40 mil nos últimos 21 pregões

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – As ações da IGB Eletrônica (IGBR3), dona da Gradiente, voltaram a disparar nesta quarta-feira (3) após saltar de 20% na segunda-feira. Os papéis sobem forte na Bolsa desde que a companhia comunicou o andamento de um dos processos que tem contra a União contra a Suframa (Superintendência da Zona Franca de Manaus). Desde o fechamento de sexta-feira até hoje, as ações da companhia já sobem 23% na Bolsa.

Além da disparada dos papéis, o giro financeiro movimentado com a ação também chamou atenção. Hoje, bateu R$ 86 mil, contra média diária de R$ 40 mil nos últimos 21 pregões.  

Conforme a empresa informou, a Justiça Federal do Amazonas liberou que a Suframa pague R$ 75,5 milhões à empresa. O montante corresponde a taxas pagas pela Gradiente à superintendência entre 1991 e 1999. 

Aprenda a investir na bolsa

O valor, no entanto, é menor do que aquele que consta nos balanços da companhia, de cerca de R$ 110 milhões. Procurada pela InfoMoney, a empresa disse que espera que os valores controversos, ainda em julgamento, sejam liberados.