Alphabet

Google se afasta do US$ 1 trilhão com queda nas ações após resultados

Foi a primeira vez que a empresa reportou separadamente números do YouTube e Cloud Business

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – O resultado financeiro da Alphabet, holding que controla o Google, superou as expectativas dos analistas para alguns indicadores no último trimestre de 2019. Mesmo assim, as ações derraparam 4% no after-market desta segunda-feira (3), após a divulgação dos números. Isso afasta a empresa do valor de mercado de US$ 1 trilhão, marca que chegou a atingir em 16 de janeiro. O valor de mercado atualmente está em US$ 977,3 bilhões.

Os ganhos por ação da companhia no período chegaram a US$ 15,35, ante expectativa de US$ 12,53, de acordo com dados da Refinitiv. A receita, por outro lado, ficou em US$ 46,08 bilhões, menos que os U$ 46,94 bilhões esperados.

A receita dos anúncios do YouTube (US$ 15,15 bilhões em 2019, sendo US$ 4,72 bilhões no trimestre), superou consideravelmente os números de 2018 (US$ 11,16 e US$ 3,61 no ano e no último trimestre). O Cloud Business, plataforma de nuvem para empresas e uma das grandes apostas do setor de tecnologia como um todo, gerou US$ 8,92 bilhões em receita no ano e US$ 2,61 bilhões no trimestre – outro resultado bastante positivo na comparação anual (US$ 5,84 bilhões e US$ 1,71 bilhão).

PUBLICIDADE

Foi a primeira vez que a empresa reportou separadamente esses números (YouTube e Cloud Business), uma marca da mudança de gestão, já que Sundar Pichai assinou o relatório pela primeira vez como CEO da Alphabet.

Na outra ponta, a categoria “outros”, que inclui hardware, como o smartphone Pixel, e outros produtos em nuvem, caiu para US$ 5,26 bilhões no trimestre, ante US$ 6,48 bilhões no mesmo período do ano anterior.