Principais Notícias

Gol renegocia limite de alavancagem com bancos, diz Valor

Pelo segundo ano consecutivo, a Gol pediu perdão ao Banco do Brasile ao Bradesco por extrapolar limite de alavancagem

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – Pelo segundo ano consecutivo, a Gol (GOLL4) pediu perdão (“waiver”, no jargão do mercado) ao Banco do Brasil (BBAS3) e ao Bradesco (BBDC4) por extrapolar limite de alavancagem contratual de duas emissões de debêntures privadas, que juntas totalizam R$ 1,1 bilhão, afirma matéria publicada pelo Valor Econômico.

Segundo a publicação, Edmar Lopes, diretor financeiro da Gol, disse acreditar que a empresa será bem-sucedida na negociação com os bancos: “Nossa perspectiva é positiva”. 

No ano passado, a Gol também descumpriu patamares de endividamento estabelecidos com BB e Bradesco, e conseguiu o “waiver” dos dois bancos. Lopes preferiu não divulgar as cláusulas de renegociação (“covenants”) das debêntures.