Pandemia

Gol: Demanda por voos cai 43,8% em novembro ante o mesmo mês de 2019

No mercado doméstico, houve queda de 39,3% na oferta, e de 37,3% na demanda

arrow_forwardMais sobre
Avião da GOL em voo
(Shutterstock)

A Gol divulgou as prévias operacionais do mês de novembro. A companhia aérea registrou queda na demanda de passageiros de 43,8% em relação ao mesmo mês do ano passado, enquanto a oferta recuou 46,3% na mesma base de comparação.

Assim, a taxa de ocupação teve alta de 3,7 pontos porcentuais no período, para 84,5%.

No acumulado em 11 meses, a demanda tem recuo de 53,6% na comparação com 2019, enquanto a oferta recuou 52,4%. A taxa de ocupação nesta ano é 2,1 pontos menor, em 79,9%.

Em novembro, a Gol não realizou voos internacionais. No mercado doméstico, houve queda de 39,3% na oferta, e de 37,3% na demanda. A taxa de ocupação cresceu 2,7 pontos, para 84,5%.

No acumulado de 2020, a oferta nos voos domésticos tem queda de 49%, enquanto a demanda cai 50,4%. Assim, a taxa de ocupação caiu 2,3 pontos, para 80,6%.

É possível operar com apenas R$ 25? Analista mostra como fazer primeiro trade, bater metas de ganhos diários e controlar riscos. Inscreva-se de graça!