Podcast "Banco Imobiliário"

Fundo imobiliário, o prédio mais alto de São Paulo e estações de metrô: os novos planos da WTorre

Walter Torre Júnior, fundador do grupo WTorre, aborda ainda temas como sucessão, envolvimento na Lava-Jato e episódios marcantes de sua trajetória

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – A criação de um fundo imobiliário para reunir seus ativos, a idealização do novo prédio mais alto de São Paulo, a entrada no segmento de estações de metrô e a participação em PPPs de iluminação pública. Esses são apenas alguns dos planos de curto e médio prazos mencionados por Walter Torre Júnior, fundador do grupo WTorre, no mais novo episódio do podcast “Banco Imobiliário”.

Com um leque extenso e bastante conhecido de atuação no mercado brasileiro, a WTorre, que se lançou há alguns anos no universo esportivo e de grandes eventos com o Allianz Parque, pretende entrar em diferentes áreas de operação.

O ex-santista, que se diz hoje um palmeirense roxo, também planeja estender o modelo da arena, que deve contar com até 4 milhões de visitantes em 2020, para outras praças. Os planos abrangem ainda estrear na área de estações de metrô ou rodoviárias, inicialmente em São Paulo.

“Estamos criando um produto especifico para isso”, afirmou Torre Júnior. “Vamos entrar em um segmento nessa linha com bastante tecnologia, bastante precisão, acho que vai dar certo.”

Também deve partir do grupo a construção da maior torre de São Paulo, equivalente a um prédio “tradicional” com 75 andares.

A pleno vapor depois de uma temporada difícil na vida pessoal e profissional, que chegou a envolver citação na Operação Lava-Jato, o grupo WTorre avalia hoje estruturar parte dos ativos em um fundo imobiliário, mas descarta uma listagem em Bolsa. “Não faríamos uma abertura de capital completa”, disse o fundador.

Passado x futuro

Com uma história que remonta a 1981, quando nasceu como uma construtora, Torre Júnior já passou por diferentes ciclos econômicos, que tiveram impactos distintos sobre seus negócios.

No podcast, o empresário conta como começou os negócios em um escritório montado dentro de um ônibus, de forma que pudesse visitar a cada dia uma obra diferente. O foco inicial estava em projetos de armazéns industriais para locação.

Mais tarde, seus ativos deram origem aos primeiros Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRIs) do Brasil. “Houve épocas em que tínhamos, no mesmo ano, 14 líderes mundiais, cada um em seu segmento, como inquilinos.”

No programa, o fundador do grupo WTorre fala ainda de temas como sucessão dos negócios, das diferentes operações do grupo, comenta a acusação de envolvimento na Lava-Jato – o pior momento da empresa – e conta duas curiosas histórias envolvendo as negociações da atual Torre Santander, em São Paulo, com a diretoria do banco e uma visita aos Emirados Árabes.

Apresentado por Marcelo Hannud, sócio especialista em mercado imobiliário da XP Asset, e por Beatriz Cutait, editora de Investimentos do InfoMoney, o “Banco Imobiliário” pode ser ouvido nas plataformas Apple Podcasts, Spotify, Deezer, Spreaker, Google Podcasts, Castbox e demais agregadores de podcast. Você ainda pode conferir o programa na íntegra em nosso canal no YouTube.

Invista no mercado imobiliário via fundos com a melhor assessoria e taxa ZERO: abra uma conta gratuita na Rico