Posição zerada

Fundo BHCS, da Carlyle, zera sua participação acionária na Qualicorp

Depois de cinco dias de ter reduzido sua participação na empresa em mais de 15%, gestora de privaty equity elimina sua posição restante na Qualicorp

SÃO PAULO – A Qualicorp (QUAL3) anunciou nesta quarta-feira (5) que o BHCS FIP, um fundo de private equity pertencente à Carlyle, zerou sua participação acionária na companhia. Há cinco dias, o fundo havia reduzido sua participação na empresa de 23,39% para 5,93%, e agora comunica a venda de totalidalide dessas ações que restavam, e que correpondendem a um total de 15,6 milhões de papéis ordinários. 

O BHCS FIP era o veículo por meio do qual os fundos da Carlyle mantinham participação na empresa. Atualmente, José Seripieri Filho, fundador da Qualicorp, segue com 25% das ações, mas sem nenhum outro grande acionista para influenciar de forma relevante nos rumos da companhia. 

A empresa entrou na bolsa no fim de junho do ano passado valendo R$ 3,36 bilhões. Isso significa uma alta de 65% sobre o valor implícito na transação de compra de controle da empresa pelo Carlyle, um ano antes. Atualmente, o valor de mercado da companhia está em R$ 5,45 bilhões, 167% acima do valor da época de entrada da gestora de private equity. 

Antes do IPO (Oferta Inicial Pública, na sigla em inglês), o Carlyle tinha 68% do capital da empresa, fatia que foi reduzida para cerca de 40% após a abertura do capital. Em abril deste ano, foi feita uma oferta, desta vez apenas secundária, em que a empresa de private equity diminuiu mais um pouco sua participação, para 23%. E agora, se desfez do restante, com venda direta na bolsa.