Zero ao Topo especial

“Estou focado em passar por essa crise sem demissões”, diz fundador da Petz

O empresário Sérgio Zimerman participou da série especial do Zero ao Topo, voltada para a cobertura dos impactos da pandemia do Coronavírus

SÃO PAULO – A crise provocada pela pandemia de coronavírus está afetando duramente empresas de múltiplos setores. Para falar sobre suas experiências em crises anteriores e sobre a situação de empreendedores e empresários no momento atual, o InfoMoney conversou com Sérgio Zimerman, fundador da rede de pet shop Petz, na última sexta-feira (20).

A entrevista com Zimerman faz parte de uma cobertura especial do podcast Do Zero ao Topo para falar sobre o momento atual e discutir como empresas estão passando pela crise. A live foi apresentada por Letícia Toledo, que comanda o podcast, e traz também as visões de empresários com quem conversou nos últimos dias. Para assistir, clique no player acima.

InfoMoney Orienta

PUBLICIDADE

Esta cobertura faz parte do quadro InfoMoney Orienta, que tem como objetivo resolver dúvidas sobre o momento atual publicando informações de qualidade nas nossas diferentes plataformas — site, Youtube, redes sociais.

Você também pode enviar suas perguntas e comentários utilizando a hashtag #InfoMoneyOrienta no Twitter e no Instagram. As dúvidas serão analisadas por especialistas financeiros e as respostas serão publicadas nos próximos dias no site, no Instagram e no Twitter do InfoMoney.

NOTA DE ESCLARECIMENTO SOBRE O IPO

Durante a entrevista, Sérgio Zimerman respondeu aos questionamentos a respeito do processo de IPO da companhia, visto que a Petz entrou com pedido de registro de abertura de capital junto à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) em janeiro. Sobre esse assunto, a CVM emitiu a seguinte nota:

“A empresa em questão encontra-se com pedido de registro de oferta pública de distribuição de ações em análise pela CVM. Alertamos que os investidores devem considerar exclusivamente as informações constantes da documentação da Oferta, em especial o Prospecto, quando tais documentos se tornarem disponíveis.”