Em crise

Forever 21 pede recuperação judicial nos Estados Unidos

Cerca de 180 lojas nos EUA serão fechadas. A empresa ainda vai sair dos mercados europeu e asiático, mas pretende preservar a operação na América Latina.

Loja da Forever 21

A varejista americana de moda Forever 21 informou no domingo, 29, que vai entrar com pedido de recuperação judicial.

Cerca de 180 das 500 lojas existentes nos Estados Unidos serão fechadas. A empresa ainda vai sair dos mercados europeu e asiático, mas pretende preservar a operação na América Latina.

A empresa atua no Brasil desde 2014. No total, são cerca de 300 lojas da marca fora dos Estados Unidos.

PUBLICIDADE

A Forever 21, que tem sede em Los Angeles, na Califórnia, foi vítima de sua própria expansão acelerada e das mudanças rápidas dos gostos dos consumidores. A empresa tem como foco o público jovem, especialmente o feminino.

No anúncio do pedido de falência, a varejista, que não é cotada em bolsas e não informou números da operação, disse que vai buscar maximizar os resultados das lojas remanescentes nos EUA.

A rede varejista foi fundada em 1984 e tornou-se bastante popular entre consumidores jovens a partir de meados dos anos 1990.

Invista contando com a melhor assessoria do mercado: abra uma conta gratuita na XP.

(Com Agência Estado)