Small Caps

Empresa que subiu quase 250% na Bolsa em 2013 troca de formador de mercado

Brasil Plural substituirá BTG Pactual nesta função; empresa visa aumentar liquidez de suas ações na Bovespa

Por  Leonardo Silva

SÃO PAULO – A Kepler Weber (KEPL3) anunciou nesta quinta-feira (13) a contratação da Brasil Plural para atuar como formadora de mercado de suas ações. A corretora irá substituir o BTG Pactual que até então exercia a função para a companhia. As atividades da nova corretora se iniciam nesta quinta-feira.

Segundo o comunicado, a duração do contrato com a Brasil Plural é de um ano, podendo ser prorrogado automaticamente pelo mesmo período caso a empresa e a corretora não se manifestem contrariamente.

A Kleper Weber visa com isso aumentar a liquidez de seus papéis, que atualmente detém em circulação no mercado mais de 16 milhões de ações ordinárias, informa a companhia em comunicado.

Dentre algumas das obrigações de uma empresa que atua como “market maker”, está a necessidade de colocar diariamente alguma oferta de compra ou de venda dos papéis de sua cliente, informa a BM&FBovespa em seu site. Já a CVM (Comissão de Valores Mobiliários) possui a Instrução nº 384 destinada exclusivamente para esses agentes do mercado, citando dentre as responsabilidades das corretoras impedir a criação – direta ou indiretamente – de condições artificiais de demanda, oferta ou preço dos valores mobiliários.

A contratação vem em um ótimo momento da empresa na Bolsa. Em 2013, as ações da Kepler Weber acumularam impressionantes ganhos de 248,65%, saltando de R$ 11,76 para R$ 41,00. Ao longo do ano, a empresa conseguiu apagar a imagem do passado – quando decretou falência – ao rever suas operações e realizar importantes mudanças para se adaptar ao mercado e, anos depois, voltou a entregar bons resultados aos investidores, aproveitando-se do ótimo momento do agronegócio brasileiro.

Compartilhe