Aumento de capital

Eike injetará R$ 1 bi na MMX se subscrição de ações não tiver sucesso

Preço de emissão é de R$ 3,92, R$ 0,20 acima da última cotação da ação MMXM3; Eike Batista se comprometeu a subscrever totalidade das sobras de ações não subscritas

SÃO PAULO – A MMX Mineração (MMXM3) aprovou aumento de capital no valor de R$ 1,36 bilhão através de subscrição de ações, informou a companhia em comunicado ao mercado enviado nesta segunda-feira (3). A companhia emitirá, para subscrição particular, 348,9 milhões novas ações ordinárias – a um preço de emissão de R$ 3,92 cada. 

O empresário Eike Batista assumiu o compromisso de subscrever a totalidade das sobras de ações não subscritas pelos acionistas da companhia no aumento de capital em questão, diretamente ou por meio da cessão do seu direito de preferência para subscrição de novas ações à sociedade direta ou indiretamente controlada por tal acionista. 

O preço de emissão é de R$ 3,92, com base na cotação da média ponderada pelo volume de negociação das ações ordinárias da companhia nos últimos pregões anteriores a 28 de novembro de 2012. Este valor é R$ 0,20 – ou 5,38% – maior à cotação de fechamento das ações no pregão desta segunda-feira, quando os papéis fecharam a sessão aos R$ 3,72.

PUBLICIDADE

Caso feche abaixo de R$ 3,92 na próxima sessão, muito provavelmente será Eike que subscreverá toda essa quantia. Esse movimento não é muito diferente do que o megaempresário, 2º homem mais rico do Brasil, pode fazer com a OGX Petróleo (OGXP3), sua petrolífera – empresa em que Eike se comprometeu injetar até US$ 1 bilhão. 

Desta forma, com o aumento de capital, a companhia passará a ter um capital social de R$ 4,037 bilhões para R$ 5,404 bilhões. Terão direitos de preferência os titulares de ações de emissão da Companhia em 04 de dezembro de 2012, consideradas as negociações realizadas em tal data para a subscrição das novas ações.

Pode ser subscrita uma quantidade de ações proporcional à participação detida por tais acionistas na companhia, à razão de 0,558850724 novas ações para cada ação detida pelos acionistas em referida data. O direito de preferência deverá ser exercido entre 05 de dezembro de 2012 e 18 de janeiro de 2013.