Tecnologia

Dona do TikTok distribui bônus para tranquilizar funcionários

Empresa passa por um cenário de incertezas com a aproximação da data limite da venda das operações do TikTok nos EUA

arrow_forwardMais sobre
Logo Tik Tok
(Getty Images)
Aprenda a investir na bolsa

(Bloomberg) – A ByteDance, controladora chinesa do TikTok, decidiu pagar um atípico bônus para os funcionários, na esperança de acalmar a força de trabalho que supera 60 mil pessoas no mundo todo. As negociações para a venda das operações do serviço de vídeo nos EUA se aproximam do prazo estipulado pelo governo Trump em setembro.

A ByteDance distribuirá o bônus neste mês para recompensar funcionários em um momento de turbulência econômica e social sem precedentes, disse a empresa em memorando interno visto pela Bloomberg News. Embora a startup com sede em Pequim seja conhecida por pagar generosamente especialistas em áreas críticas, como inteligência artificial, não é comum a empresa distribuir bônus em meados do ano. Um representante da ByteDance confirmou o memorando.

“Nos últimos meses, temos trabalhado juntos para superar os desafios apresentados pela pandemia de Covid-19 e o ambiente macro em mudança”, disse a ByteDance no memorando. “Para agradecer a todos por seus esforços e dedicação, iremos emitir um bônus em dinheiro para todos funcionários elegíveis”, disse a empresa, acrescentando que vai pagar o bônus junto com o salário de setembro para qualquer funcionário que tenha trabalhado pelo menos 26 dias entre 1º de julho e 31 de agosto.

Aprenda a investir na bolsa

A medida da ByteDance contrasta com os cortes de custos de startups asiáticas, como a Grab, de Cingapura, e a indiana Oyo. A empresa segue os passos da Huawei Technologies em 2019, outra empresa chinesa na mira do governo de Washington.

A força de trabalho da ByteDance, especialmente nos EUA, está preocupada com o futuro da empresa agora que Trump baniu o serviço de vídeo viral e proibiu residentes e entidades americanas de negociar com o TikTok. Embora o Departamento de Comércio não tenha definido o escopo dessa ordem executiva, o ritmo de crescimento antes acelerado do TikTok tem diminuído, usuários estão migrando para aplicativos rivais como o Triller e autoridades de Washington continuam a rotular o aplicativo como ameaça à segurança.

A ByteDance conduz negociações delicadas sobre a aquisição do TikTok nos EUA com investidores interessados, como Microsoft e Oracle, um negócio estimado em mais de US$ 20 bilhões. Mas a incerteza em torno do acordo aumentou na semana passada, depois que a China afirmou seu direito de aprovar ou bloquear a venda de tecnologia no exterior, complicando um processo já complexo sob escrutínio da Casa Branca.

Newsletter InfoMoney – Informações, análises e recomendações que valem dinheiro, todos os dias no seu email:
Concordo que os dados pessoais fornecidos acima serão utilizados para envio de conteúdo informativo, analítico e publicitário sobre produtos, serviços e assuntos gerais, nos termos da Lei Geral de Proteção de Dados.
check_circle_outline Sua inscrição foi feita com sucesso.
error_outline Erro inesperado, tente novamente em instantes.