Principais Notícias

Distribuidoras da Eletrobras podem ser negociadas, diz Valor

Entre as medidas em estudo, está a venda de participação nas distribuidoras do grupo

arrow_forwardMais sobre
Usina Hidrelétrica de Tucuruí *** Local Caption *** Comportas abertas da usina de Tucuruí

SÃO PAULO – A Eletrobras (ELET3,ELET4) ainda questiona o governo pelo valor da indenização menor do que o esperado, mas já discute medidas para amenizar os impactos de uma redução da receita anual de R$ 8,5 bilhões por conta das novas regras.

Entre as medidas em estudo, está a venda de participação nas distribuidoras do grupo, afirma matéria publicada pelo Valor Econômico. “Estamos melhorando muito a redução de perdas e de inadimplência [das distribuidoras]. Mas isso poderia ser feito numa velocidade maior. Num esquema societário um pouco diferente, a gente pode ter um resultado ainda melhor”, afirmou o presidente da companhia, José da Costa Carvalho Neto, ao Valor. 

Segundo Carvalho Neto, a eventual negociação desses ativos é uma medida de médio e longo prazo para o novo contexto operacional da empresa. No curto prazo, o remédio será mesmo a redução agressiva dos custos.