Entrevista

Discrepância entre cenário externo e doméstico dará suporte para ativos brasileiros, diz AZ Quest

Gulherme Benchimol, fundador e CEO da XP Inc., e Alexandre Silverio, da AZ Quest, falam em podcast sobre cenário favorável para ativos brasileiros

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Enquanto o restante do mundo tem enfrentado um cenário mais desafiador, com dados fracos indicando uma desaceleração econômica e uma possível recessão, o Brasil parece estar andando na direção oposta, de expansão. Essa é a avaliação de Alexandre Silverio, executivo-chefe de investimentos da AZ Quest, e Guilherme Benchimol, CEO e fundador da XP Inc.

“Essa discrepância [entre cenário externo e doméstico] vai dar muito suporte para o preço dos ativos brasileiros – e isso deve fazer com que a migração de recursos, da renda fixa para aplicações de risco, seja acompanhada de uma apreciação dos ativos”, afirmou Silverio, durante o programa PodQuest Talks.

Aprenda a investir na bolsa

Para Benchimol, o cenário de juros baixos também será favorável para uma onda de empreendedorismo, que deverá manter a inflação baixa nos próximos anos. “Se tivermos mais empreendedores nos próximos anos, vamos ter competição. E, se tivermos competição, vamos ter preço baixo, aí não veremos inflação”, diz.

Durante o bate-papo, Benchimol e Silverio conversaram sobre o mercado financeiro com Selic na mínima histórica e como o investidor terá que se mexer mais caso queira encontrar melhores rentabilidades.

“Construímos a empresa em um momento em que falar sobre educação financeira, sobre investir para o longo prazo, não era algo trivial, porque as pessoas não estavam abertas; era mais cômodo deixar [o dinheiro] investido em CDI. Agora, tudo que falamos começa a ecoar muito mais forte, porque o cenário mudou”, destaca Benchimol.

Confira a entrevista completa no vídeo acima.