Em evento

Depois das pessoas físicas, as empresas médias: o novo alvo da XP

XP Empresas vai oferecer assessoria financeira em quatro áreas diferentes: crédito, investimentos, mercado de capitais e câmbio

XP EMPRESAS: nova área da XP foca em conquistar companhias médias (XP Investimentos)
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Enquanto continua avançando na oferta de produtos e serviços para as pessoas físicas, a XP Investimentos já elegeu o próximo mercado que pretende desbravar: o de empresas de médio porte.

“Queremos fazer pelas empresas o mesmo que fizemos pelas pessoas físicas. Queremos trazer disrupção e transformar esse mercado”, afirmou Rodrigo Elias Moreira, head da XP Empresas, durante o primeiro evento realizado pela área na última quarta-feira, em São Paulo.

Para avançar no segmento de empresas médias, com faturamento entre R$ 50 milhões e R$ 750 milhões, a XP Empresas vai, primeiramente, oferecer assessoria financeira em quatro áreas diferentes: crédito, investimentos, mercado de capitais e câmbio.

Aprenda a investir na bolsa

Dentro desses pilares, a parte de crédito representa um dos maiores desafios. No evento, Moreira citou que, hoje, os cinco maiores bancos do país detêm 85% do crédito concedido às empresas. Enquanto isso, os fundos de investimentos do país têm menos de 1% de crédito em seus portfólios, ante 75% nos Estados Unidos e 20% na Europa.

Diante desse cenário, a XP está criando uma plataforma que conecta empresas que precisam de financiamento a gestores de investimentos que desejam alocar crédito na carteira.

“O mercado está mudando. Cada vez mais empresas buscam financiamento no mercado de capitais e a nossa tese é que o crédito corporativo vai passar por uma desbancarização. Queremos estar à frente desse movimento”, afirma Moreira.

Na área de investimentos, o objetivo é oferecer opções específicas para que as companhias possam rentabilizar o caixa de acordo com a necessidade de liquidez.

Na área de mercado de capitais, a XP Empresas poderá utilizar a expertise que a XP já possui em ofertas de ações e dívidas para estruturar as operações de empresas de médio porte.

Há ainda planos para oferecer seguros, fianças, serviços digitais de câmbio, previdência corporativa, plataforma de pagamentos e outros produtos.

PUBLICIDADE

Também participaram do evento Guilherme Benchimol, CEO da XP Inc., e Karel Luketic, estrategista-chefe da XP Investimentos. Benchimol contou sua trajetória de empreendedor e reforçou que a XP quer auxiliar as empresas em diferentes frentes.

Luketic falou do ambiente de juros baixos – na visão da XP, a taxa Selic deve chegar a 4,5% no fim do ano. “Diante desse cenário, acreditamos que o consumo e o crédito devem acelerar o crescimento, principalmente em 2020”, afirmou.

Quer investir em grandes empresas? Clique aqui e abra sua conta na XP Investimentos.