Pandemia

Demanda de passageiros cai 90% entre fevereiro e maio, diz Infraero

Empresa está projetando perda de receita na ordem de 35% em 2020 na comparação com 2019

Aprenda a investir na bolsa

A pandemia do novo coronavírus trouxe um cenário complexo para os aeroportos operados pela Infraero.

“Apesar das medidas de redução, temos ainda cerca de 6 mil colaboradores na Infraero, o que implica em um alto custo. Houve redução na demanda de passageiros na ordem de 90% no período de fevereiro a maio deste ano comparação com igual período de 2019”, disse o presidente da Infraero, Tenente-Brigadeiro Paes de Barros durante videoconferência “Impacto da Covid-19 para o transporte aéreo no Brasil: Medidas para o enfrentamento da crise e medidas para voltar a voar”, promovido pela Necta em parceria com o Fenelon Advogados, nesta terça-feira.

Paes de Barros destacou que a empresa está projetando perda de receita na ordem de 35% em 2020 na comparação com 2019.

Aprenda a investir na bolsa

A Infraero tem adotado, segundo Paes de Barros, uma série de medidas para reduzir o seu custo operacional, que representa uma economia de R$ 6 milhões somente em abril.

Newsletter InfoMoney
Informações, análises e recomendações que valem dinheiro, todos os dias no seu email:
Concordo que os dados pessoais fornecidos acima serão utilizados para envio de conteúdo informativo, analítico e publicitário sobre produtos, serviços e assuntos gerais, nos termos da Lei Geral de Proteção de Dados.
check_circle_outline Sua inscrição foi feita com sucesso.
error_outline Erro inesperado, tente novamente em instantes.