Em negocios / como-vender-mais

Correios querem lançar "Uber da entrega" até o fim do ano, diz jornal

O objetivo da nova plataforma é oferecer um serviço de entrega em poucas horas

Correios
(Divulgação)

SÃO PAULO - Os Correios querem lançar até o fim do ano uma nova empresa logística para expandir o mercado de entrega de encomendas no país. O objetivo é oferecer um serviço de entrega mais rápido, em poucas horas.

De acordo com o Estadão, o serviço funcionará do mesmo jeito que o Uber, ou seja, um aplicativo para smartphones em que o usuário poderá chamar um prestador de serviço (carro, moto ou bicicleta) para que entregue sua encomenda em determinado endereço. 

Com a plataforma, os Correios pretendem entrar no segmento de economia colaborativa, ou de "crowdshipping", em que cidadãos comuns, a pé, de bicicleta ou de carro, podem realizar entregas de terceiros, desde que estejam cadastrados para isso. 

No Brasil, serviços similares já existem no mercado, como é o caso do "Eu Entrego", em que pessoas se cadastram na plataforma, se candidatam aos serviços e aceitam ou fazem uma nova proposta ao valor oferecido. 

Quer investir melhor o seu dinheiro? Abra uma conta na XP

Contato