EXPERIMENTE!

Clique e experimente a
versão rápida do

Em negocios / como-vender-mais

Walmart vai investir R$ 1,5 bilhão até 2020 para "transformar" lojas no Brasil

De acordo com a empresa, a previsão é de chegar a 100 terminais até 2019

Caixas de autoatendimento Walmart
(Divulgação)

SÃO PAULO - O Walmart anunciou que fará um investimento no Brasil de R$ 1,5 bilhão até 2020 para "reinventar" as lojas, realizando reformas e instalando caixas de autoatendimento em seus hipermercados e supermercados pelo país. O objetivo é reduzir o tempo de fila para pagamento das compras.

Iniciado pela companhia em 2016, o projeto de transformação das lojas prevê que nos próximos três meses até cinco unidades irão receber 26 caixas de autoatendimento, com previsão de chegar a 100 terminais até 2019.

A primeira loja a receber a opção de self-checkout foi o hipermercado no Tamboré, em Alphaville (SP), onde seis caixas foram instalados. Depois de São Paulo, a marca pretende levar a tecnologia para as lojas de Curitiba, Porto Alegre, Recife e Salvador. 

Configurado em três idiomas (português, inglês e espanhol), os caixas de autoatendimento são compostos por três divisões: base de apoio para produtos, leitor de código de barras com tela de informações e área de empacotamento de mercadorias. 

Escolhidos os itens do carrinho, o consumidor precisa registrá-los através do scanner um de cada vez e em seguida, colocá-los na área de empacotamento. Para frutas e verduras, o cliente seleciona na tela o nome do produto que está sendo comprado e o pesa na balança, localizada na parte central do equipamento. 

Ao finalizar o registro de todos os produtos, os consumidores são direcionados para a tela de pagamento, escolhendo se a compra será paga com cartão de débito, crédito, vale-alimentação ou cartão presente, não sendo disponível o pagamento em dinheiro.

Quer investir melhor o seu dinheiro? Abra uma conta na XP

Contato