Com lucro 55% menor no 1º trimestre, ações da Fras-Le têm queda de 4,89%

Paralisação da produção e barreiras comerciais na Argentina prejudicaram a rentabilidade da companhia no período

Por  Graziele Oliveira

SÃO PAULO -Após a apresentação de resultados abaixo do esperado no primeiro trimestre do ano, com lucro líquido 55% menor, as ações da Fras-Le (FRAS4) chamaram a atenção pelo seu desempenho negativo, com recuo de 4,89% desta terça-feira (8), valendo R$ 3,30. Enquanto isso, o Ibovespa recuou 1,40%, aos 60.365 pontos. 

O volume financeiro dos papéis da companhia no pregão também mostrou-se bastante expressivo, marcando R$ 524,1 mil, resultante de 88 negócios. Nos últimos 21 pregões, o volume médio movimentado em toda a sessão encontra-se em torno de R$ 90 mil.

Lucro em queda
Segundo a Banif Corretora, o lucro líquido de R$ 4,7 milhões foi motivado pela implementação do sistema ERP (SAP) que interferiu no processo de produção, provocando atrasos na entrega e aumento com despesas de frete aéreo para honrar os compromissos com clientes.

Além disso há outros motivadores, segundo a corretora. “Consolidação de resultados da Freios Controil, adquirida no último ano, que possui margens operacionais inferiores ao da Fras-Le e barreiras comerciais por parte da Argentina que afetaram os volumes de vendas para aquela região”, conclui a Banif.

Mais do resultado
Cabe mencionar ainda que a receita líquida no 1T12 foi 13,4% acima do apontado no mesmo de 2011, ficando em R$ 151,5 milhões. Caminho contrário foi o do Ebitda (geração operacional de caixa), que caiu 7%, marcando R$ 16 milhões nos primeiros tres meses do ano. A magem Ebitda recuou 2,3 pontos percentuais, ficando em 10,6%.

Compartilhe